O Magistério do Papa Francisco

Written by  ISB
Rate this item
(2 votes)
Faça aqui sua inscrição:

O CURSO

Inscrições para 2º/2017

Início das aulas: 10 de agosto de 2017


EVANGELII GAUDIUM (Alegria do Evangelho)

É a primeira Exortação Apostólica pós-Sinodal escrita pelo Papa Francisco. Trata-se de um documento chave de seu pontificado, um texto performativo que deseja movimentar todas as instâncias e dinâmicas da Igreja numa perspectiva missionária (Igreja “em saída”), por meio da alegria do encontro pessoal com Jesus Cristo. Desta forma, quer se inaugurar uma nova etapa de evangelização para o mundo hodierno.

Por isso, o escopo deste curso é tomar conhecimento do contexto desta exortação, sua estrutura, bem como as implicações que ela traz para a vida do cristão hoje em seu processo de viver a fé e de anunciar, com a própria vida, a alegria do Evangelho.

irmarosana.jpg Professora responsável: Ir. Rosana Araujo Viveiros, ansp, mestra em Teologia pela FAJE – BH, pedagoga e  especialista em Filosofia Clínica. É professora de teologia no Instituto São Boaventura, Coordenadora do ISB  Cultural e professora no curso de especialização lato sensu em Espiritualidade Cristã e Orientação Espiritual, na  FAJE, BH.

 

 

 

 

LAUDATO SI’ (Louvado Sejas)

Esta é a primeira Encíclica do Papa Francisco, publicada em 24 de maio de 2015, que tem como objetivo a Ecologia Integral. Este título foi retirado do Cântico das Criaturas de São Francisco de Assis, que em forma de poesia louva a Deus a partir de sua criação. Hoje em dia muito se fala sobre as dificuldades ecológicas que enfrentamos, apresentada pelo papa Francisco como uma “Crise Ecológica”. Uma consciência ecológica hoje não é mais uma opção, é uma necessidade de sobrevivência. Isso já percebemos diante dos relatórios e os estudos feitos por especialistas.

Muitos já preocupam-se com estes problemas ambientais e Papa Francisco encara não somente como um problema físico, ou seja, da degradação da natureza, mas vê também como um problema, humanitário, social, econômico, de dignidade humana, religioso e espiritual. É esta a novidade do Papa Francisco. Em sua Encíclica, afirma que é muito mais profundo que uma compreensão de um problema ambiental, pois o ser humano não reconhece mais sua correta posição em relação ao mundo e assume uma posição auto referencial, centrada exclusivamente em si mesmo e no próprio poder. Deriva então uma lógica do «descartável» que justifica todo tipo de descarte, ambiental ou humano que seja, que trata o outro e a natureza como um simples objeto e conduz a uma miríade de formas de dominação. É a lógica que leva a explorar as crianças, a abandonar os idosos, a reduzir os outros à escravidão, a superestimar a capacidade do mercado de se autorregular, a praticar o tráfico de seres humanos, o comércio de peles de animais em risco de extinção e de “diamantes ensanguentados”. É a mesma lógica de muitas máfias, dos traficantes de órgãos, do tráfico de drogas e do descarte de crianças porque não correspondem ao desejo de seus pais. (Laudato Si’ 116 e 123). Diante dessa reflexão surge uma pergunta: 1. Como a Teologia e a fé podem nos ajudar a compreender e a superar essa Crise Ecológica?

freirafaelnormando.jpg Professor responsável: Frei Rafael Normando OFM Conv., presbítero,  Licenciado em Filosofia pela  Universidade Católica de Brasília (UCB), Bacharel em Teologia pelo Instituto São Boaventura, Mestre em Teologia  Dogmática pela Pontifícia Universidade Gregoriana (PUG) Roma – Itália.  Reitor e Professor do Instituto São  Boaventura de Brasília-DF.

 

 

 

 

 AMORIS LAETITIAE (Sobre o amor na família)

Em 2016, o Papa Francisco publicou a Exortação Apostólica Pós-sinodal "sobre o amor na família", Amoris Laetitiae, que constitui o ponto de chegada de um longo caminho histórico dedicado a família: pré-sinodal, sinodal, pós-sinodal. Um caminho de importantes confrontos eclesiais com discussões e desencontros. Um caminho que deseja entrar na concepção de família não como objeto de reflexão e de magistério sacramental, mas como sujeito de relação, de discernimento e acolhida. A chave de leitura para esta compreensão passa pelo caminho de que as prioridades de antes não são aquelas de hoje, que o "tempo é superior ao espaço" (AL, 3) e que o magistério tem uma palavra inaugural, um novo caminho penitencial, e não uma palavra definitiva e fechada (AL, 2). Existem coisas novas em Amoris Laetitiae que precisam ser aprofundadas e refletidas para darmos espaço a ação do Espírito e respostas para o novo tempo à luz da fé.    

freifelipe2.jpg Professor responsável: Frei Luis Felipe Marques OFM Conv., presbítero, licenciado em Filosofia pela  Universidade Católica de Brasília (UCB), bacharel em Teologia pelo Instituto São Boaventura, mestre em Teologia  litúrgica dos sacramentos pelo Pontifício Ateneu de S. Anselmo, Roma - Itália, professor de teologia da liturgia e  teologia dos sacramentos no Instituto São Boaventura, reitor do Seminário S. Francisco de Assis em Brasília-DF,  membro da Associação dos Liturgistas do Brasil e participa da Equipe de Reflexão Litúrgica da CNBB.  

 

 

 

 

PERFIL DO ALUNO

Pessoas interessadas em iniciar, aprofundar e até mesmo reciclar seus conhecimentos sobre o Magistério do Papa Francisco. Agentes de pastoral, membros de comunidades de vida, movimentos e associações eclesiais, diáconos permanentes e todos interessados em conhecer melhor o conteúdo dessa disciplina. Este curso exige a escolaridade mínina do ensino médio.

 

INÍCIO DO CURSO E CARGA HORÁRIA

Início do curso dia 10 de agosto de 2017, das 20H às 22H. Os encontros serão sempre às quintas-feiras.

Carga horária do curso é de 30 h/a. 15 encontros.

 

CERTIFICADO

Certificado de extensão em Teologia será emitido pelo Instituto São Boaventura, para tanto o aluno deverá ter presença e participação de 30h/a.

 

INVESTIMENTO

O curso tem o investimento de quatro (4) mensalidades de R$ 165,00.

(*)Observações: 

1) *A primeira parcela deve ser paga no ato da matrícula e a segunda 30 dias depois.
2) *O não-pagamento do curso e/ou de uma das parcelas implica o seu cancelamento e a não-emissão do certificado.

Informações:    contato@isb.org.br ou tel.: 61 3349 0230

 

Lido 1225 times Last modified on Quinta, 06 Julho 2017 10:11